O Super Bowl deste ano foi realizado em Houston, e é claro que deram um jeito de colocar a Nasa dentro das ações promocionais da decisão da temporada da NFL. E um dos elementos mais interessantes foi um vídeo, em que a agência espacial mostrou que o maior passe de futebol americano da história não foi feito por Tom Brady, Joe Montana, Peyton Manning, Johnny Unitas, Dan Marino ou Mark Sanchez (haha). O responsável foi Tim Kopra.

Quem? Tim Kopra é quarterback de um time da NFL, muito menos alguma promessa que jamais se confirmou na NCAA. E o palco do recorde não foi um estádio lotado em jogo com transmissão em rede nacional. Ele é um astronauta, realizou seu feito na Estação Espacial Internacional (ISS em inglês) e as imagens só foram reveladas agora, sem informação de quando foram gravadas (mas Kopra voltou à Terra em junho de 2016).

O astronauta não teve de fazer força, apenas soltou a bola. Com a gravidade zero do espaço, ela seguiu seu rumo por inércia, até bater em uma parede. Foi um voo de 80 jardas (73,15 metros) a partir do ponto de lançamento, mas, considerando que a ISS orbita a Terra a 8.046 m/s (28.966 km/h), a bola viajou 564.664 jardas (516.328 metros), equivalente a 5.646 campos de futebol americano, em relação ao solo.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Tumblr