Talvez não precisemos ficar neuróticos com tudo o que entra em casa

Lave as mãos. Várias vezes. Não coloque a mão no rosto. Limpe os pés, se possível, deixe os calçados do lado de fora da porta. Troque as roupas se sair, não custa nada. Ah, e se levar para casa algum objeto, mesmo compras do dia a dia, lave as embalagens. O novo coronavírus pode estar em qualquer lugar, esperando um descuido para o infectar.

Bem, as medidas são realmente recomendadas, mas o excesso de cuidado pode levar a exageros, neurose ou mesmo cansaço psicológico que tire a capacidade da população de enfrentar a quarentena. Até por provocação de seus leitores, o New York Times fez uma reportagem bastante interessante mostrando o risco efetivo (dentro do que já é cientificamente conhecido do comportamento do vírus) de várias dessas pequenas medidas de higiene do dia a dia.

Vale a pena conferir (texto em inglês).