O mundo anda em uma fase de descrença da população com as autoridades tradicionais e a capacidade delas de melhorar a vida das pessoas. O mau humor dá o tom quando se fala de política, por exemplo. Mas já houve momentos piores, sobretudo para os latino-americanos. A segunda metade da década de 1980 teve crise econômica atrás de crise econômica em vários países, hiperinflação era comum, greves gerais ocorriam com constância e após uma ou outra revolta popular, pintavam manchetes chamando algum lugar de “cidade da fúria”. Tudo por causa de Buenos Aires, e de uma música que assim batizou aquele momento da capital argentina.

A virada da década foi cruel com os argentinos. O Plano Austral, pacote econômico que criou uma nova moeda (o austral) em 1985, começou a fazer água em 1987. No ano seguinte, o governo de Raúl Alfonsín decretou moratória e, em 1989, o Banco Mundial suspendeu a ajuda ao país. A inflação, que já era alta, disparou: foi de 9,6% em fevereiro para quase 200% em julho. No total, o aumento de preços somou 3.079% em 1989 e 2.314% em 1990. Era esse o clima do país quando a banda Soda Stereo gravou o álbum Doble Vida, que teve como primeiro single “En la Ciudad de la Furia”.

A música é uma alegoria em que um homem alado representa os jovens portenhos. Eles tentam voar e se sentem cada vez mais amarrados e sem perspectivas em uma sociedade nervosa e tensa com sua situação (Nada mudará / Com um alerta de curva / Em suas caras vejo o temor / Já não há fábulas / Na cidade da fúria). O cenário se torna tão crônico que é tratado quase como um destino, algo incontornável (Buenos Aires se vê / Tão suscetível / É o destino de fúria / O que persiste em suas caras). No final, fica ainda um suspiro de esperança de que um dia chegará a vez dessa juventude (Me verá voltar…).

“En la Ciudad de la Furia” talvez tenha sido a principal composição de Gustavo Cerati, um dos maiores nomes da história do rock latino-americano. O guitarrista faleceu em 2014, após passar quatro anos em coma como consequência de um AVC sofrido em Caracas.

Veja o clipe de “En la Ciudad de la Furia”, do Soda Stereo. Aqui está a letra, com tradução.

Texto publicado originalmente para a newsletter do Outra Cidade. Para assiná-la, clique aqui.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Tumblr