[Galeria] Dez cidades, onze piras olímpicas

Uma pira pequena, parecendo quase uma cuia. Poderia passar despercebida, mas atrás dela está uma escultura cinética do artista norte-americano Anthony Howe. O conjunto visa dar amplitude à luz das chamas, mas sem consumir muito combustível.

O resultado é marcante, certamente se tornará uma das imagens icônicas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Por isso, para nossa galeria de sábado, resolvemos refrescar a memória de vocês e relembrar como dez cidades interpretaram esse elemento para criar símbolos para suas Olimpíadas.

[galeria_embeded]