O descrédito com a política é algo tão antigo no Brasil quanto a própria política brasileira. Tirar sarro de autoridades é uma marca nacional, e acabou tendo um de seus marcos quando Cacareco, o rinoceronte do zoológico de São Paulo, recebeu 100 mil votos de protestos (o cédula era de papel e o eleitor podia escrever nela) que seria eleito vereador se fosse realmente candidato.

MAIS ELEIÇÕES: Veja quais são as cidades brasileiras com maior número de eleitores

De tempos em tempos, continuaram surgindo candidatos estranhos, que usavam uma imagem bizarra para ganhar a empatia de eleitores conquistar votos preciosos. Mas, na última década, isso se tornou uma epidemia. Após Tiririca ser o deputado federal mais votado do País, em 2010, os partidos viram como essas figuras poderiam ser úteis para chamar a atenção e melhorar o coeficiente da legenda em eleições legislativas.

Eleições municipais são pratos cheios para isso, pois cada cidadezinha do Brasil tem seus próprios candidatos, abrindo espaço para milhares de pessoas tentarem a vida política. Alguns de forma caricata. Fizemos uma lista com os casos mais bizarros deste ano. Há desde sub-celebridades que já incorporavam o personagem no dia a dia (como o Darth Verde, um torcedor-símbolo do Goiás, e o Batman de Poá) a um surto de candidatos que já morreram (pelo menos é o que dizem seus nomes), passando por mosquitos e pokémons. Ah, e surge uma nada surpreendente onda de personagens que evocam figuras de força e autoridade, de Vin Diesel em Velozes e Furiosos a Rambo.

[galeria_embeded]

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Tumblr