Categoria: História (Página 1 de 5)

Pinturas rupestres em paredão da Serra da Capivara, Piauí

O Santos abusou da referência histórica ao apresentar seu time em jogo no Piauí

O Santos enfrentou o Altos, clube da cidade homônima localizada na Grande Teresina, nesta terça na capital piauiense. Fez 7 a 1, se recuperando de goleada sofrida para o Ituano no domingo. Placar contundente, mas a viagem já tinha sido proveitosa antes mesmo de o jogo começar. Para anunciar a escalação da equipe que entraria em campo, as […]

Leia mais...

Como São Paulo podia ser uma cidade incrível se aproveitasse sua natureza

São Paulo é a cidade austera, cinza, construída. Há uma beleza nela, mas – salvo alguns pontos no mapa – tem pouco a ver com a natureza e o verde. Poderia ser muito diferente. Um estudo do botânico Ricardo Cardim, em parceria com o ilustrador Leandro Lopes de Souza, traz um retrato de como era, […]

Leia mais...
Cristóvão Colombo

Nem Columbus vai celebrar o Dia de Colombo

Todo ano é a mesma polêmica nos Estados Unidos: é válido celebrar o Dia de Colombo? Pois bem, neste ano, nem a cidade que carrega o nome de Cristóvão Colombo parará no 8 de outubro. Columbus, capital do estado de Ohio, terá um dia útil como qualquer outro. O Dia de Colombo (Columbus Day, em […]

Leia mais...
Javier Cienfuegos houve hino franquista da espanha enquanto recebe o ouro do arremesso de martelo no Campeonato Ibero-americano de atletismo de 2018 (Divulgação / Twitter FDPA)

Torneio de atletismo coloca versão franquista do hino espanhol em cerimônia de medalha

O hino da Espanha não tem letra. Pode soar estranho, parecer que falta algo, mas não tem. Ao lado de Bósnia-Herzegovina, Kosovo e San Marino, é um dos quatro hinos nacionais do mundo que contém apenas a melodia. Por isso, se você se deparar com alguma versão cantada na Marcha Real (ou Marcha Granadera), esqueça. […]

Leia mais...
Quadro retrata o Papa Gregório 13 e a comissão que criou o calendário gregoriano (Reprodução)

Por que o ano começa em 1º de janeiro?

Calma, calma. A pergunta do título parece meio boba, mas não é tão simples assim. Acompanhe o raciocínio. Estamos acostumados a ver o calendário do jeito atual, começando em janeiro e terminando em dezembro. Logo, o primeiro dia do primeiro mês marca o início de um novo ciclo, do novo ano. Tudo bem, isso é […]

Leia mais...

Embed from Getty Images

O técnico da Tunísia, Nabil Maaloul, se disse aliviado ao ver que o sorteio da próxima Copa do Mundo não colocou sua equipe nos Grupos A ou B. O motivo: o Mundial da Rússia começará em 14 de junho, justamente o último dia do Ramadã. Sorte dos tunisianos, mas essas duas chaves, que têm partidas programadas para os dias 14 e 15 de junho, têm quatro times de países de maioria muçulmana: Arábia Saudita, Egito, Marrocos e Irã. Como eles vão fazer? Escrevi um artigo na Trivela sobre isso. Confiram.

Guerra dos Cem Anos

É um barato ver os nomes dos soldados britânicos que lutaram a Guerra dos Cem Anos

As instituições inglesas são organizadas e apegadas a sua história, e é assim há muitos anos. E talvez a maior prova disso seja uma base de dados organizada e disponibilizada pelas Universidades de Reading e Southampton. Chamada “The Soldier in Later Medieval England“, ela lista os indivíduos que serviram ao exército real entre 1369 e 1453. […]

Leia mais...
Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB e do Comitê Rio-2016, Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, e Thomas Bach, presidente do COI, visitam o local da pira olímpica dos Jogos de 2016 uma semana antes da abertura (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Às vezes dá um embrulho no estômago quando alguma questão política atrapalha o esportes, seja no desenrolar de uma competição, seja nas decisões dos dirigentes. Mas essa mistura também pode ser positiva, com o esporte ajudando a influenciar sociedades.

Escrevi sobre isso em um artigo à Gazeta do Povo faz um tempo e havia esquecido de indicar no Rodínia. Aqui vai o link. Leiam!

Mapa com o tempo de viagem dentro do Império Romano a partir da capital (Universidade de Stanford)

Veja como era eficiente o sistema de transporte dentro do Império Romano

Ontem eu postei um mapa de estradas do Império Romano adaptado à linguagem de mapas de metrô. No caminho, mencionei como essa rede de vias era incrivelmente eficiente para os padrões da época. E um bom retrato disso é outra carta geográfica, mostrando quanto tempo uma pessoa levava para se deslocar de Roma a qualquer […]

Leia mais...
Estradas romanas em estilo de mapa de metrô (Sasha Trubetskoy)

E se as estradas do Império Romano fossem linhas de metrô?

Uma das grandes maravilhas do Império Romano era sua rede de transportes. Com estradas e rotas marítimas bem organizadas e definidas, viajar era uma atividade relativamente fácil para comerciantes, militares, trabalhadores em geral e até turistas. Essa facilidade de locomoção foi fundamental para dar robustez e um nível de organização econômica, política e cultural muito acima dos […]

Leia mais...

Página 1 de 5

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén