Teleféricos se transformaram em uma solução até recorrente em cidades latino-americanas. Foram instalados em Bogotá, Rio de Janeiro e La Paz, por exemplo, sempre com elogios da comunidade internacional. Em comum, havia a necessidade de oferecer algum tipo de transporte público que ligasse comunidades carentes nos morros com a cidade. Por isso, soa estranho ver que essa tecnologia está sendo estudada para Toronto.

VEJA TAMBÉM: México lança teleférico horizontal como alternativa de transporte

A Bullwheel International Cable Car, uma empresa suíço-canadense, anunciou que pretende construir um teleférico para conectar o centro da cidade com o Evergreen Brick Works, uma antiga área industrial (como o nome indica, era uma grande fábrica de tijolos) que foi revitalizada na década de 1990. O custo está estimado entre US$ 20 e 25 milhões e seria bancado inteiramente pela empresa.

O principal motivo de escolherem o teleférico é o baixo impacto ambiental. O Evergreen Brick Works se transformou em um parque em 1997, com lagos artificiais, centro cultural e comunidade voltada ao desenvolvimento de estudos sobre o meio ambiente. No entanto, pela sua localização, praticamente só é acessado de carro ou de ônibus de turismo por seus 500 mil visitantes anuais. O complexo fica no alto de uma ravina e cercado por grandes avenidas e vias expressas, hostis a pedestres e ciclistas.

Pelo projeto da Bullwheel, a linha de teleférico teria 42 cabines, suficiente para transportar até mil passageiros por dia. A inspiração de Steven Dale, CEO da empresa, é no sistema adotado nas estações de esqui nos Alpes.

A solução pode ser considerada pontual, mas já chamou a atenção do poder público. O prefeito John Tory acha que o teleférico pode projetar o Evergreen Brick Works como atração turística e até ser pensado para outras áreas da cidade. “Estamos tentando imaginas que modos podemos melhorar o acesso das pessoas às ravinas sem ser muito impacto. O conceito de um teleférico tem muito apelo pela beleza dos cenários.”

O projeto vai a consulta pública em 8 de março. Para aumentar as chances de aprovação, a Bullwheel criou um site sobre o teleférico, apresentando até hipotéticos cartazes de promoção de passeios elevados.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Tumblr